<META content="MSHTML 6.00.2900.2604" name=GENERATOR><!-- --><style type="text/css">@import url(https://www.blogger.com/static/v1/v-css/navbar/3334278262-classic.css); div.b-mobile {display:none;} </style> </HEAD><BODY><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d19628601\x26blogName\x3dFam%C3%ADlia+Feliz\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://dayanemateus.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://dayanemateus.blogspot.com/\x26vt\x3d-4481279355337738599', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
sexta-feira, junho 20, 2008


Olá, minhas queridas amigas! Tudo bem com vocês?

Depois de quase um mês de exames e mais exames para verificar as dores no estômago, não foi detectado nada, absolutamente nada. Diagnóstico mais provável: estresse. Fui ontem ao médico e ele disse que está tudo certo e conversamos muito, mas muito mesmo. Ele perguntou da minha rotina diária, desde a hora que acordo até dormir... E me disse: “Você é louca? Precisa diminuir seu ritmo, descansar mais, etc...” Então, o jeito é me acalmar, né? Agora em julho entro em férias e acho que as coisas vão melhorar. Minhas amigas, muito obrigada pelas orações e pela força, adoro vocês!

As crianças e o marido estão bem, graças a Deus. Todos ficaram um pouco assustados com as minhas crises estomacais, mas, agora, tudo voltará ao normal.

Dayane está uma linda mocinha! Está bem mais calma, tranqüila e também muito vaidosa... Aqui, ela está estreando suas botas com casaco jeans. O que acharam?

"Mateus e o balde de dinossauros" - Ele está fazendo a coleção dos “dinorocks” da Revista Recreio e está adorando! Toda 5ª feira temos que ir a banca de revistas para comprá-las. E, o mais bacana, é que além de montar e desmontar estes “dinos”, ele também curte a revista fazendo as atividades e adora folhear a “Enciclopédia dos Dinossauros” que aumenta a cada fascículo.

Bom, aproveitando o tema da semana: Os 100 anos da imigração japonesa no Brasil, vou falar um pouco de mim e da minha família para vocês.


Meus avôs, tanto paternos quanto maternos, chegaram ao Brasil no final da década de 30. Meus pais nasceram aqui e eu sou a 3ª geração da família. Tivemos uma infância bastante simples, mas muito feliz, sempre rodeado pela família: avós, tios, tias e primos. Até os 5 anos só falava japonês...rsrs Freqüentei escolas japonesas até os 15 anos de idade. Joguei “softball”, muito parecido com o “baseball” que é um esporte muito tradicional no Japão.

Depois, passei no vestibular com 17 anos, fui morar em outra cidade, fiz estágio na universidade, onde trabalho até hoje: 23 anos de carreira pública. Conheci meu marido na universidade e formamos esta família que vocês conhecem muito bem.

Então, desde que estou aqui, perdi o contato com as minhas raízes nipônicas; mas, a minha irmã até hoje, preserva tudo isso. Meus sobrinhos aprenderam a “arte do taikô” – tocar os tambores japoneses – e sempre fazem apresentações. Até hoje estudam a língua japonesa e fazem parte da colônia nipônica na cidade onde moram.

Neste final de semana eles estarão em São Paulo no sambódromo do Anhembi apresentando “taikô” e a dança das bandeiras para o Príncipe Herdeiro do Japão: Naruhito. Muito legal isso, né?

Meus sobrinhos caracterizados com a sua turma do “taikô”...

Dança das Bandeiras representando a união das duas nações...

Minha sobrinha já está namorando com 16 aninhos... Conheceu o rapaz em uma das apresentações e a família dele também curte e preserva a cultura japonesa. Só que ele mora em São Paulo...

Outras atrações...

Estas fotos foram tiradas no Teatro Municipal de Marília e foi a minha irmã que me enviou. Gostaram?

Bom, minhas queridas amigas, o post foi longo hoje, né? Muito obrigada pelo carinho, pelas orações e pelos recadinhos no blog. Fico muito feliz em saber que posso contar com vocês! Até a semana que vem, prometo visitá-las e deixar recadinhos por lá.

Tenham todas um maravilhoso final de semana com muita paz e alegria nos corações!
Que Deus as abençoe hoje e sempre!
Mil beijos,
Míriam







terça-feira, junho 03, 2008


Olá, minhas queridas amigas! Tudo bem com vocês?

Vim rapidinho postar para avisá-las que ficarei ausente um tempo. Preciso cuidar da minha saúde, que não está muito bem. Continuo com fortes dores no estômago, fiz uma endoscopia na semana passada e amanhã farei uma ultrassonografia. Por favor, rezem por mim! Assim, que melhorar trarei notícias para vocês.

Tenham uma ótima semana com muita paz no coração!
Beijinhos carinhosos,
Míriam